• Organização

    A União Meridianos e o CEPCEP da Universidade Católica Portuguesa têm o prazer de organizar o III Congresso Internacional de Justiça Juvenil em Lisboa.

  • Justiça

    Um quadro único para estabelecer contactos e trocar experiências com profissionais e académicos do mundo inteiro, especialistas em Justiça Juvenil

  • Internacional

    A União Meridianos, no seu III Congresso Internacional de Justiça Juvenil, contará com oradores da Europa, Estados Unidos e Canadá

  • Oradores

    Durante três dias, mais de 50 especialistas partilharão, promoverão e desenvolverão conhecimentos no âmbito da Justiça Juvenil

  • Sede

    O Campus de Lisboa da Universidade Católica Portuguesa albergará o III Congresso Internacional de Justiça Juvenil

Apresentação

A União Meridianos, com a colaboração científica do CEPCEP da Universidade Católica Portuguesa, organiza o III Congresso Internacional de Justiça Juvenil que terá lugar em Lisboa, entre os dias 19 e 21 de novembro de 2012.

Sob o lema: "Delitos, (Re)Integração e Bem Estar", o Congresso reunirá importantes investigadores, especialistas, académicos, políticos, representantes das comunidades locais e famílias, para partilhar, disseminar e desenvolver novos conhecimentos que estimulem mudanças positivas no âmbito da Justiça Juvenil.

Durante três dias especialistas e académicos de vários países apresentarão os resultados da sua experiência e investigação acerca das novas formas de integração de delinquentes juvenis, que surgem no contexto das actuais mudanças sociais, em particular os modelos de sustentabilidade do Bem Estar como caminho para a autonomia e superação da personalidade delinquente e promotores de uma reintegração social plena.

O congresso abordará diversas vertentes do complexo campo da Justiça Juvenil e do Bem Estar do Jovem: o estudo de novos padrões, a incidência da crise global, os novos delitos, a solução legal encontrada em diferentes países, as últimas tendências de intervenção, processos de reintegração baseados na formação e no sustento dos sonhos pessoais, etc.

Esta reflexão sobre as actuais perspectivas e práticas representa, por isso, uma oportunidade única de contacto e troca de experiências entre profissionais, académicos e especialistas na área de Justiça Juvenil de todo o mundo.

Organizam

Com o patrocínio do Parlamento Europeu e da Comissária Europeia para a Educação, Cultura, Multilinguismo e Juventude. Comissão Europeia